terça-feira

liberdade de sonhar





quero ser livre deste mundo. andar como quero andar, falar como quero falar, gritar, saltar, correr, onde me apetecer. fazer coisas nunca antes vistas onde eu quiser, dizer as piores coisas a quem eu quiser. quero fazer o que me apetece no segundo exacto. quero fazer coisas ilegais e não ser julgada como criminosa. quero saber voar como pássaros, quero saber viver como quem vive. quero poder abanar o mundo até ficar tudo certo. quero ser uma guerreira que no fim da guerra acaba com a vitoria. quero ser a princesa que foge do castelo. quero viver um conto de fadas ao contrario. quero viver numa cabana, quero estar no meio da selva, quero ter o meu "pão de forma" e viajar pelo mundo, pelas praias todas deste mundo, mergulhar nos mares mais profundos. quero concretizar sonhos, quero realizar desejos. quero deixar de querer por um segundo. quero ter tudo, mas apenas por um só segundo. é óptimo sonhar, sim, é verdade. mas não há nada melhor que realiza-los. Deixem-me sonhar e ter sonhos, deixem-me querer,querer e querer até conseguir. Sempre me disseram que quem não sonha, não tem vontade de viver. que os sonhos nos fazem fortes e lutadores. então assim serei. irei lutar até atingir os meus objectivos. irei ser livre até onde eu conseguir. porque ser livre é caminho directo para sonhar, e sonhar é caminho para ser feliz.




Rita Fontes

fotografia: daniela alves, praia da areia branca, 12.02.2011